David Pogue analisa o Mac OS X Snow Leopard

David Pogue analisa o Mac OS X Snow Leopard

Sep 04

Vídeo do colunista de tecnologia do New York Times aborda o novo sistema operacional da Apple de maneira inteligente e criativa.

Próximo Adobe Creative Suite sem suporte para Mac PowerPC

Próximo Adobe Creative Suite sem suporte para Mac PowerPC

Aug 14

Adobe Creative Suite 4 é a última versão capaz de rodar em Macs baseados na plataforma PowerPC.

“Não será nenhuma surpresa saber que a Adobe está seguindo a liderança da Apple e desenvolvendo exclusivamente para a plataforma Intel na próxima geração do Creative Suite. Ou seja, o Adobe Creative Suite 4 é a última versão que roda em Macs baseados na plataforma PowerPC”, diz John Nack, gerente de produto da Adobe, no blog da empresa.

“Quando a próxima versão do CS chegar, os Macs PowerPC mais novos terão cerca de quatro anos de idade. Ainda serão grandes sistemas, mas se você não fez upgrade dele em quatro anos, provavelmente não está com pressa de fazer upgrade no software também. Em resumo: tempo e recursos são finitos e, com grandes transições em andamento (64 bits nativo, Cocoa em lugar do Carbon), você quer a Adobe olhando para o futuro, não para o passado”, diz Nack.

Leia mais no artigo completo de Nack.

Mudanças na instalação do Snow Leopard

Mudanças na instalação do Snow Leopard

Aug 13

AppleInsider diz que pessoas familiarizadas com o novo sistema da Apple, Mac OS X Snow Leopard, estão corroborando com a notícia de que o software chegou ao status de Golden Master no começo dessa semana e que está a caminho de fabricação antes do prazo anunciado pela Apple.

O Golden Master também foi enviado à representantes da Apple Care e técnicos da Apple nesta quarta-feira.

Algumas das mudanças e melhoras que os usuários notarão sobre o processo de instalação do novo sistema operativo:

  • Rosetta e Quicktime 7 estarão incluídos no DVD de instalação, mas estão designados como instalação opcional. No entanto, se o sistema 10.6 ao ser instalado no Mac tiver a chave para Quicktime 7 Pro, o instalador automaticamente instalará este programa.
  • As opções de “Apagar e instalar” e “Salvar e Instalar” não estarão presentes no instalador Mac OS X 10.6. De acordo com as fontes familiarizadas com o software, esta mudança foi feita por conveniência, para que os usuários não apaguem tudo acidentalmente. No entanto, as duas opções estarão disponíveis através do Disk Utility, que também vem incluído no DVD de instalação.
  • Se você precisar reinstalar o 10.6, o instalador automaticamente arquivará e instalará os dados para você.
  • Se houver um corte de luz, a instalação continuará onde houve o corte.
  • Para prevenir a tela azul de erro que afetou alguns usuários quando faziam um upgrade do Mac OS X 10.5, o instalador verá que programas são compatíveis e desabilitará as “más” aplicações. Os programas serão transferidos à uma pasta de “Software incompatíveis”.
  • Ao contrário do Mac OS X 10.5, você não poderá instalar o novo sistema Snow Leopard em computadores que tem HDs com falha S.M.A.R.T. (Self-Monitoring, Analysis, and Reporting Technology).
  • O inicio da instalação copiará uma boa parte do instalador no HD primário do usuário. A maior parte da instalação será manejada desde o HD, aumentando a velocidade de instalação consideravelmente. Após a instalação ser bem sucedida, a parte do instalador que foi copiada no HD será removida.

O upgrade do Mac OS X 10.6 Snow Leopard será vendido por $29 para um único usuário e $49 para a licença familiar de 5 usuários para todos os usuários da versão atual do Mac OS X 10.5 Leopard. Mas o Snow Leopard só poderá ser instalado em computadores com processadores Intel.

Também estará disponível o Mac OS X Server 10.6 Snow Leopard, por $499. Dizem que Leopard Server terá uma melhora significativa para os servidores desde que o Mac OS X Server foi lançado.

Amazon está vendendo pacotes do Snow Leopard com OS, iWork e iLife por $169 e licença familiar de 5 usuários, iWork e iLife por $229.

Liberado a provável última atualização do OS X Leopard 10.5.8

Liberado a provável última atualização do OS X Leopard 10.5.8

Aug 06


A Apple está lançando o que deve ser a última atualização do seu sistema operacional atual, o OS X Leopard, que ganha versão 10.5.8. A nova versão será a Snow Leopard (OS X 10.6) que chega às lojas em setembro. O novo programa já está disponível na Amazon em pré-venda – a loja virtual confirma o lançamento para o próximo mês.

A atualização do OS atual corrige problemas de compatibilidade e confiabilidade nos Macs ao entrar em redes sem fio AirPort, além de falhas no Bluetooth e em resoluções do monitor. Se você tem um Mac, não deixe de atualizá-lo.

O Snow Leopard, por sua vez, deverá trazer grandes mudanças para usuários da Apple. O novo sistema operacional promete otimizar os recursos, fazendo com que o computador rode mais rápido e suave, além de ocupar menos espaço em disco na instalação. Outra grande novidade é o preço de US$ 29,99, bem abaixo do preço de um Windows 7, que deverá ser lançado pouco depois, em outubro.

Hasta la Vista: As Várias Versões do Windows 7

Hasta la Vista: As Várias Versões do Windows 7

Jul 31

Esta semana, Walter S. Mossberg, colunista do The Wall Street Journal, passou pelo tedioso processo de migrar do Windows XP para a nova versão 7 que será lançada em outubro.

Ele nos conta de algumas coisas que devem ser consideradas para fazer a transição ao novo sistema operativo.

Se você está usando Windows Vista, o upgrade é muito mais simples, já que o precesso é direto, salvando seus documentos pessoais, especificações e programas. Mesmo com uma transição mais tranquila, temos que ter em conta que esse upgrade requer escolhas e limitações que podem ser confusas para o usuário comum.

O Windows 7 não requer tanto hardware como a versão anterior, deve funcionar bem em qualquer computador que tenha o Vista instalado ou nos últimos modelos de computadores rodando XP. De fato, essa nova versão exige um pouco menos que o Vista.

No entanto, como o Vista, o Windows 7 será vendido em uma multitude de edições e decidir qual delas você deve comprar pode ser um tanto confusa, pois teremos que escolher entre 6 versões, apesar de que uma delas está reservada para países que a Microsoft chama de “mercados emergentes”. Dos 5 restantes, um deles é para grandes empresas. Outra é uma versão simples chamada Starter e não pode ser instalado como um upgrade direto, segundo a Microsoft.

A maioria dos consumidores provavelmente escolherão Windows 7 Home Premium, que custará nos EUA $120 para fazer o upgrade e que possue todas as chaves funções do Windows. O nível por em cima desse é chamado Professional, que contêm alguns extras que podem ser úteis para consumidores que trabalhem em grandes companhias ou usem programas velhos ou especializados. Mais importante que isso, a versão Professional, ao contrário que a “Home Premium”, pode entrar em redes remotas usando um sistema chamado Domain Joining. Além de poder rodar programas antigos da versão XP que não funcionariam normalmente no Windows 7. A versão Professional custa $200 para fazer o upgrade. Uma outra opção será chamada Ultimate que combina todas as funções das outras edições mas custa $100 mais que a Home Premium.

Existem certas limitações que os atuais computadores rodando Vista devem encontrar. Em geral, você só poderá migrar para a versão compatível entre o Vista e a versão 7. Quem tem Vista Home Premium só poderá fazer o upgrade para Windows 7 Home Premium, Vista Business para Windows 7 Professional. Essa regra tem duas exeções: você poderá fazer o upgrade para Windows 7 Ultimate de qualquer versão do Vista, menos a Starter, só pagando mais. E da versão Vista Home Basic se pode migrar para Windows 7 Home Premium.

Qualquer das 3 verões mais comuns do Windows 7 poderá ser rodado em computadores como da Apple Macintosh usando programas como Fusion e Parallels, no entanto, as regras para o upgrade continuam valendo.

Depois que você instalou o Windows 7 você pode mudar para uma versão superior, do Home Premium para Professional com um mínimo de esforço extra e um pouco mais de dinheiro usando um programa da Microsoft chamado Windows Anytime Upgrade, que libera as funções da versão Professional que já estará instalado no seu computador, mas ocultas. O mesmo se pode fazer migrando para versão Ultimate.

Mais uma complicação, para cada uma das 3 principais versões do Windows 7 existem na verdade 2 versões. Uma criada para PCs com processadores standard, com processadores de 32-bits, e a outra é para novos PCs com processadores de 64-bits. A versão de 32-bits só reconhece 3 Gb de memória, mas a de 64-bits pode usar muito, muito mais. Para a maior parte dos consumidores 3 Gb é mais do que suficiente, mas com 64-bits roda mais rápido quando se tem vários programas abertos ao mesmo tempo ou quando, por exemplo, esteja rodando vídeos em alta resolução.

O problema é que você nñao poderá fazer o upgrade direto do Windows Vista 32-bits para Windows 7 64-bits, ou vice-versa, adicionando mais uma capa de complexidade para a migração.

Para saber mais sobre as diferentes versões do Windows 7 click aqui.

Para ver o artigo original de Walter S. Mosberg, click aqui.

Por que quando se trata de desenho isso é normal?

Por que quando se trata de desenho isso é normal?

Jul 29

Esse vídeo pode parecer engraçado, mas essas situações são, infelizmente, normais para os desenhadores gráficos e, no entanto, parecem uma loucura quando se trata de qualquer outro serviço.

Apple WWDC 2009 Keynote

Apple WWDC 2009 Keynote

Jun 17


No começo deste mês, a Apple nos mostrou o que vem de novo por aí… Adorei algumas inovações do Snow Leopard, o novo sistema operativo para os computadores Macintosh, que será lançado em setembro deste ano (um mês antes do Wondows 7). O mais incrível é o preço: $29 para fazer o upgrade! Confira na página da Apple.

Também disponível em 14 vídeos no You Tube.

Auto-retrato criativo

Auto-retrato criativo

Jun 16

Você não precisa ser um gênio para criar um auto-retrato em Photoshop, mas às vezes vemos coisas criativas como esta que eu achei em Inspire me, now!

Dicas para quem quer comprar um novo computador

Dicas para quem quer comprar um novo computador

Apr 28

Se você está pensando em comprar um computador agora, pense que há mais um fator a ter em conta além do computador em si. Ao longo deste ano, dois dos principais sistemas operacionais, Windows Vista da Microsoft e Mac OS X Leopard da Apple serão substituídos pelas novas versões: Windows 7 e Mac OS X Snow Leopard. E isso afeta qual deve ser a sua escolha em computadores.

Independente da escolha, é provável que você queira que nele venha instalado a última versão do sistema operacional. Principalmente porque você não quer pagar mais e passar pelo trabalho de fazer um upgrade do sistema no seu computador. Ainda mais se você pensa em comprar um PC rodando Windows. Vista é lento e está cheio dessas mensagens de alerta. Baseando na versão beta do Windows 7, o novo sistema é uma melhora.

Windows vs. Mac:
Os computadores da Apple são bonitos e duráveis, além disso o seu sistema operacional é mais rápido, fácil de usar e mais estável que o Windows atual, isso sem mencionar que os Macs não são suscetíveis à maior parte dos vírus hoje existentes. Windows 7 diminuirá provavelmente essas diferenças, mas Snow Leopard pode levar os Macs um passo mais à frente.

Mas à principio os Macs custam mais que os PCs, porque a Apple não fabrica computadores de tão baixa gama como os fabricantes de PC. Mas se escolhemos computadores com os mesmos componentes (processador, memória, HD, placa gráfica, etc.) o preço pode até surpreender e um PC de marca pode sair mais caro que um Mac.

Se velocidade, facilidade de uso e estabilidade são fatores mais importantes para você, compre um Mac.

Nova versão:
A Microsoft promete que fazer o upgrade do Vista para Windows 7 será um processo tranqüilo, preservando os seus arquivos, programas e configurações. Mas é uma outra história se você tem Windows XP no seu computador. Pois será um processo árduo e com vários passos a seguir, requerendo que você faça um back-up de tudo que você quiser manter, pois você terá que apagar todo o sistema operacional, e só depois recolocar todos os seus documentos, configurações e reinstalar todos os programas.

Além disso, a nova versão do Windows 7 para notebooks, chamada Stater Edition, é uma versão limitada do sistema. Só poderá rodar 3 programas de cada vez e não permite o uso dos recursos gráficos do Windows 7. A Microsoft diz que donos de notebooks poderão usar a versão Home do novo sistema pagando algo mais, mas devido à baixa velocidade de processador e da placa gráfica nesses computadores, a experiência pode ser ruim.

Apple não faz notebooks e diz que Snow Leopard será fácil de atualizar em qualquer dos Macs atuais.

Memória:
Nenhuma das duas empresas diz oficialmente quais serão os requisitos básicos para rodar os novos sistemas operacionais, mas é provável que ambos necessitem no mínimo 1 Gb de memória, mas recomendável ter 2 Gb, mesmo nas máquinas mais baratas.

Placa gráfica:
Nos novos sistemas operacionais, ter uma placa gráfica adequada será mais importante que nunca, porque os computadores passarão parte do processamento típico do processador para a placa gráfica. Se possível compre um com memória embutida. Se for muito caro, procure placas gráficas integradas que compartirão a memória principal do computador.

Processador:
Ambas empresas dizem que o novo sistema funcionará bem nos atuais processadores no mercado. A melhor escolha serão os processadores de dual-core. Alguns computadores mais baratos ainda são vendidos com processadores antigos de um core, que funciona para tarefas leves. Notebooks, alguns laptops e até computadores de mesa rodando com processadores Intel Atom sofrerão com algumas tarefas.

Tela tátil:
O Windows 7 inclui a possibilidade de usar gestos de múltiplos toques na tela, necessitando usar uma tela tátil especial diferente dos tablet PCs atuais. Poucos modelos atuais, como Hewlett-Packard’s TouchSmart desktop, suporta essa opção. Se você estiver interessado, tenha certeza que a tela que você comprar suporta essa opção.

Concluindo:
De qualquer forma, não compre algo que você não possa pagar ou que você não precise, mas proteja-se comprando algo que você não tenha problemas para instalar a atualização de qualquer dos sistemas operacionais.

Como uma ajuda final, se você estiver interessado em qualquer produto da Apple, consulte o guia de compras do MacRumors, pois nele você encontrará informações importantes como o ciclo de cada produto.

Qual é a fonte?

Qual é a fonte?

Mar 18


Quem não recebeu algum arquivo de Illustrator onde o texto está vetorizado e não há maneira de saber qual é a fonte que foi utilizada?

Pois agora MyFonts fornece um serviço que nos ajudará descobrir que fonte foi usada num folheto, num logo ou qualquer tipo de texto…

Visite MyFonts e confira!